Especialidades da casa

Fotos Gastronomia


Gastronomia
Veja mais

Fotos Hotéis


Hotéis
Veja mais

Fotos Destinos


Destinos
Veja mais

Empresas


Empreendimentos&decorados Veja mais

Cris por Cris

Sou da turma de 72, usei calça boca de sino e dancei os embalos de sábados à noite. Aos 17 anos, fiquei orfã do Maluco Beleza e o Brasil teve sua primeira eleição direta para presidente. Foi aí que decidi estudar fotografia, quando nem existia foto digital. Com vinte e poucos anos, entrei na faculdade de jornalismo. Época em que ficamos sem Renato Russo e alguém para nos explicar que país é este! Rodei o mundo. Estava no Chile no terremoto de 2010 e fiz a matéria de capa da Folha de SP. Me emocionei diante da Praça Vermelha e mergulhei com tubarões na Polinésia Francesa. Andei de elefante no Zâmbia e corri na Carretera Astral.

        Minha carreira de jornalista e fotógrafa deu start fazendo matérias de turismo e lifestyle para as principais revistas do Brasil. Emplaquei mais de 200 reportagens sobre os quatro cantos do mundo.

Em 2009, juntei meus cinco anos full time de viagens na coleção de livros 69 Lugares para Amar, que rendeu 8 títulos e vendeu 24 mil exemplares. Achei que 69 era um número que ninguém ia esquecer. Acertei. Como uma coisa leva a outra, fui convidada para assinar a coleção 101 Lugares, patrocinada pela Even Construtora e mapeei São Paulo, Porto Alegre e o Rio. Fiz 28 livros entre 2012 e 2015, que foram vendidos na Livraria da Vila em SP e teve a verba revertida para a ONG Nosso Lar. O Guia Pet Friendly chegou como conteúdo de multiplataforma. Nesta altura da caminhada o mundo tinha dados algumas voltas e evoluído em vários aspectos: os cachorros ganharam mais espaço e tempo na vida dos seus donos, que viraram “pais” e a comunicação passou a ser "pista de 5 faixas", em outras palavras, ganhou múltiplas telas. O Cozu (cocker que viveu 14 anos comigo) foi a inspiração. Em fevereiro de 2015, a Ella chegou e rodou comigo a capital paulista em busca de lugares pet friendly. Nossos rolês renderam três livros, um App, colunas e redes sociais. Desde sempre, produzo conteúdo para empresas/marcas na esfera on e off. Estes são os novos tempos que o Cazuza não viu… Sim, ele tinha razão: o tempo não para.



Vamos criar juntos?