Berlim: Hotel Adlon Kempinski

Alemanha, Berlim: Hotel Adlon Kempinski

Berlim é um destino ícone que você precisa de um bom tempo para conhecer (talvez a vida toda), então o negócio é eleger um pedacinho dela para desbravar – e se você gostar, marque um retorno, dois. O importante é não querer fazer tudo de uma vez só, deguste Berlim por partes.

E que tal começar em grande estilo? Nela está o Hotel Adlon, onde ninguém menos do que a rainha Elisabeth fica hospedada quando está pela cidade. Espere encontrar um grande hotel (em tamanho e sofisticação), com spa e restaurante gourmet. Sua localização vale ouro, fica a poucos passos do Portão de Brandenburg, próximo de onde esteve o Muro de Berlim que separou a Alemanha em duas nações: oriental (comunista) e ocidental (capitalista).

Vamos concordar: Berlim é um túnel do tempo, então realmente vale ler um pouquinho antes de embarcar, e ao chegar lá contratar um guia. É bem mais legal passar por importantes pontos da História e saber onde se está pisando. A cidade foi praticamente destruída pelos bombardeios da Segunda Guerra Mundial e até hoje é incrível ver a obra de restauração. Concentre-se no bairro Mitte (lado oriental), ele fica numa área central da cidade, com bares, cafés, restaurantes, galerias de arte, museus, livrarias, todos num conceito alternativo, pois o local ainda guarda um espírito relaxado e descontraído (visite a rua Gipstrasse com galerias de arte), jante no japonês Kuchi e no bistrô Bandol. Outro bairro que merece uma tarde de sua viagem é o Prenzlauer, que tem basicamente casais jovens morando lá. É neste lugar que está o Café Bonanza (na rua Oderberger), orgulhoso pela qualidade de seus cappuccinos, um cantinho pequeno e superconvidativo da cosmopolita capital berlinense. Na mesma rua há diversas lojas tipo brechó com vitrines criativas e araras pela calçada. Fugindo do lado B, vale bater ponto nos cartões-postais: portão de Brandenburg, o parlamento alemão – Reichstag (suba em sua cúpula de vidro para ter uma bela vista da cidade, mas o faça logo cedo para evitar filas sem fim), Potsdam Platz (praça moderna com complexo gastronômico e um cinema) e vá à Ilha dos Museus, onde está a Catedral de Berliner Dom.

 

Para saber mais:

www.hotel-adlon.de/